A rede de franchising Urban Obras viu-se obrigada a desacelerar no número de pedidos de orçamento que chegam diariamente, fruto do período vivido em estado de emergência devido ao Covid19. Contudo, o número de pedidos voltou a disparar logo em Abril.

Segundo a AICCOPN a “Declaração de Estado de Emergência não determinou a suspensão das obras, a exemplo do que se passou noutros países”, pelo que, após a retoma da economia, mesmo que de forma gradual, o arranque foi favoravelmente registado pela marca.

O confinamento decretado e a nova vivência de muitas famílias que passaram a trabalhar a partir de casa, trouxeram novas necessidades em termos de espaço nas casas dos portugueses. Para além de uma maior utilização diária das habitações, o tempo passado em casa provocou um olhar mais atento sobre imperfeições, bem como levou muitos a repensar a funcionalidade dos espaços. Segundo os clientes da Urban Obras “foi precisamente o facto de terem estados “fechados” nas suas casas que os levaram a avançar com projetos de obras que há muito era pensadas”.

No final de mês de Junho, o crescimento dos pedidos já foi superior a 200% face ao mês de Abril e a perspetiva é de fechar o mês de Julho com um número ainda superior ao homólogo.