Presente em Portugal desde o início do ano 2000, a RE/MAX Portugal, a maior imobiliária a operar em território nacional e líder na mediação, atingiu agora os 10 mil profissionais. O número reflete a constante evolução no processo de recrutamento que acontece mensalmente, de norte a sul. No caso dos consultores imobiliários, tratam-se de empresários em nome individual e já no que diz respeito a agências, estes são franchisados de gestão autónoma. A formação é uma das apostas estratégicas da marca, obrigatória nos dois primeiros anos para os vários consultores imobiliários atingirem a profissionalização.

“A RE/MAX elevou o paradigma do consultor imobiliário, que hoje acumula um know-how muito profundo sobre o setor e todas as variáveis da compra, venda e arrendamento de imóveis. Isso é cada vez mais reconhecido pelos novos consultores, que além de uma oportunidade de emprego, destacam também o investimento na sua carreira, através da formação que lhes é prestada. É a soma da excelência profissional de cada profissional RE/MAX Portugal que nos posicionou no mercado imobiliário português, tornando a rede na maior a operar no país e líder na mediação”, destaca Manuel Alvarez, presidente da RE/MAX Portugal. O gestor sublinha ainda que “a formação é indubitavelmente um dos pilares do imobiliário e um contributo claro para o sucesso da marca. O recrutamento aliado à formação tornaram a RE/MAX capaz de dar resposta a todas as necessidades do mercado e à satisfação dos nossos clientes.”

Sendo a formação um pilar essencial e parte do ADN RE/MAX, torna-se indispensável nos dois primeiros anos para os vários consultores recrutados, por forma a dotá-los de todas as ferramentas necessárias para progressão no mercado. Assim, é exigida aprovação em quatro cursos fundamentais: Iniciação, RE/MAX Technology, Sales Training e Estratégias Avançadas de

Venda Imobiliária, que totalizam conjuntamente 81 horas de formação obrigatória. A formação dos profissionais RE/MAX não se esgota por aqui, abrangendo ainda outros temas como o mercado de luxo e as redes sociais, fundamentais neste setor. Só no mês de novembro a RE/MAX Portugal prestou 602 horas de formação aos seus profissionais, o que demonstra a aposta e o dinamismo nesta área.

Numa altura em que o imobiliário em Portugal bate todos os recordes, o que vem de encontro à estratégia atual da rede líder no mercado, ou seja, reforçar a imagem da RE/MAX e da profissão de consultor imobiliário. “A credibilidade de uma marca e a confiança no consultor imobiliário são dos maiores contributos que a RE/MAX deu ao mercado português, que no início do milénio era regulado por muitas e pequenas agências imobiliárias, com uma atividade amadora, instável e pouco transparente”, realça Manuel Alvarez.

Quanto a perspetivas, para 2020 a RE/MAX prevê manter o crescimento nos dois dígitos, sustentado no crescimento que tem obtido nos últimos anos. Independentemente da forte presença que detém atualmente em Portugal “há ainda uma grande margem de evolução e crescimento nos diferentes indicadores de negócio. Um dos objetivos da marca a médio prazo é que, no início de 2023, quatro em cada dez transações imobiliárias que se realizem no país tenham a intervenção da rede RE/MAX”, afirma o presidente da RE/MAX Portugal.

Saiba como abrir um franchising RE/MAX e descubra todas as condições da marca.