A rede de franchising Mail Boxes Etc. (MBE) está, desde janeiro, a contactar os empreendedores nacionais para dar a conhecer a marca e o potencial do negócio da logística. Todos os meses, há um roteiro de encontros online direcionados a diferentes cidades ou de âmbito nacional.

Em junho, a MBE tem programados encontros em Faro (01/06), Portimão (02/06), Setúbal (07/06), Almada (08/06), Lisboa (09/06), Sintra (14/06), Loures (15/06), Odivelas (16/06), Alverca (17/06) e duas reuniões nacionais (04 e 11/06).

A estratégia da marca, a implementação do negócio, as várias fases até à abertura de um centro de serviços e a atualidade do setor são alguns dos temas destes encontros. É ainda possível esclarecer dúvidas sobre o investimento na franquia diretamente com profissionais de referência.

Os webinars da MBE realizam-se habitualmente entre as 9h e as 18h, com algumas exceções, sendo que a agenda de eventos e o registo prévio encontram-se disponíveis no site da marca, em https://www.mbe-franchising.pt/pt/eventos.

Os centros de serviços da MBE, uma das maiores redes internacionais de centros de serviços de micrologística para empresas e particulares, disponibilizam várias soluções num só local, para todos os projetos de empresas e particulares, como envios de correspondência e de encomendas, embalagens, domiciliação de correspondência e armazenamento, design gráfico e impressão e também serviços específicos para o comércio eletrónico. Em Portugal, existem sete centros da marca, em Lisboa, Carnaxide, Porto, Quarteira, Cascais e Vila Nova de Famalicão, que fazem parte de uma rede global de mais de 2.800 unidades em 53 países.

O poder da marca. Quando um empreendedor abre um novo negócio, um dos desafios que enfrenta é o da necessidade de dar a conhecer o produto e conseguir entrar num mercado cada vez mais competitivo. Tal não acontece com as franquias.  A marca já é conhecida e tem prestígio, pelo que o cliente, simplesmente ao ler o rótulo do negócio, reconhece-o imediatamente.

Modelo de negócio. Nas franquias já existe um modelo de negócio estabelecido, pelo que não há a necessidade de partir do zero. Tal significa que os programas informáticos, a estrutura do modelo, o plano de marketing, os recursos tecnológicos… Tudo vem pré-configurado e, mais importante, com valor já demonstrado.

Apoio corporativo. Quem decide abrir uma franquia, não está sozinho. Tem o apoio da empresa-mãe, que o vai apoiar se tiver algum problema. Obviamente, há uma fase de aprendizagem de todos os processos e sistemas a pôr em prática. Por isso, o franquiado tem sempre traçada uma rota a seguir.

Assistência. Em linha com o que já foi explicado anteriormente, a maioria das franquias oferece apoio logístico aos seus franquiados.

Renovação. Outra das vantagens está no facto do empreendedor pertencer a uma empresa com grande experiência. O normal é que a empresa queira continuar a crescer e evoluir, pelo que haverá uma atualização permanente, tanto dos processos e do trabalho interno, como dos produtos ou inclusive do mobiliário do espaço. Assim, o franquiado conta com um negócio ligado permanentemente às últimas tendências.

Publicidade. A franquia pertence a uma marca forte com poder de desenvolver campanhas publicitárias, o que beneficia todos os estabelecimentos.