A rede de franchising Chaviarte apresenta um conjunto de recomendações que todos os portugueses devem seguir antes de partirem para férias e deixarem as suas casas em Segurança. Conselhos são transmitidos na Rádio Renascença até 30 de Julho “Será que a porta ficou bem fechada? Secalhar devia ter mudado aquela fechadura… A quem de confiança vou deixar uma cópia da chave? E se houver uma emergência? Quando vamos de férias é bom saber que tudo o que fica para trás, fica seguro!”

Esta é a principal chamada de atenção que a Chaviarte aposta em conjunto com a Rádio Renascença está a fazer aos portugueses na altura em que a maioria começa as suas férias. “Sabia que em Portugal, há uma elevada taxa de assaltos durante o período de férias de Verão a residências e lojas de rua? Com a pressa de colocar os pés na areia, são muitos os portugueses que se esquecem de assegurar que a sua casa fica segura e no regresso encontram a casa vazia. “

Para prevenir que isto aconteça, a Chaviarte alerta para 8 conselhos que os portugueses devem seguir para ir de férias mais descansados. Estes e outros podem ser ouvidos, diariamente, no programa As 3 da Manhã, na Rádio Renascença e até 30 de Julho.

1. Se mora numa casa, moradia ou tem uma loja, verifique o estado das fechaduras de todas as portas de acesso, mesmo a daquela porta que está sempre fechada e que quase ninguém utiliza. Se mora num prédio, certifique-se que o seu condomínio faz esta avaliação com regularidade. No verão, muitos prédios ficam vazios porque os seus moradores vão de férias em períodos iguais.

2. Qual é o nível de segurança do cilindro das suas fechaduras? Os Cilindros são o componente principal da sua fechadura, afinal são eles que comandam a abertura e o fecho da porta. Sabia que existem vários níveis de segurança? A maioria das pessoas pensa no cilindro (canhão) como o mecanismo simples para colocar a chave e abrir a porta, mas a verdade é que é apenas quando os furtos acontecem que os lesados ficam a saber que o ladrão abriu a porta apenas com uma furadora ou com um martelo! Certifique-se que os cilindros das portas principais têm altos níveis de segurança, feitos em materiais ultrarresistentes e com proteção, por exemplo, anti-bumping.

3. A quem de confiança vai entregar uma cópia da chave, caso algo aconteça? Quando dá a cópia da sua chave de casa, está a dar acesso à sua fortaleza. Se vai para fora durante muitos dias e vai entregar uma chave da sua casa a alguém, faça-o apenas com quem tem muita confiança. Um familiar muito próximo e que você saiba que para além de vigiar a casa, não vai
dar essa chave a outra pessoa ou deixá-la em local propícia ao furto.

4. Vai fazer uma viagem de carro? Não fique a pé! Para além de ser importante verificar o estado da viatura, é importante verificar o estado das fechaduras do carro, matrículas e sobretudo levar uma cópia do comando automóvel consigo! Nunca guarde essa chave no carro, levando-a consigo para um local que esteja sempre acessível, caso a primeira fique enterrada
na areia! 

5. Deixe a sua casa com videovigilância ativa! Se vai estar vários dias fora e quer ver, a qualquer hora, o que está acontecer, instale camaras de videovigilância que possam ser acedidas através de uma aplicação no seu telemóvel. Desta forma, a sua casa estará sempre debaixo do seu olho, a qualquer hora e em qualquer lugar, à distância de um clique.

6. Instale sistemas inteligentes de alerta para inundações ou incêndio. Nem sempre, devido a sistemas de rega por exemplo, podemos deixar a água desligada. Não podemos evitar que inundações ou incêndios aconteçam nas férias ou em qualquer outra altura do ano, mas podemos saber em tempo real se algo aconteceu e agir mais rapidamente, evitando grandes
desastres. Instale um detetor de inundações e incêndios e conecte-os com o alarme. Controle tudo à distância, através de uma APP, como a DOMNI, a marca portuguesa especializada em Smart Security.

7. Tenha um sistema que lhe permita abrir a porta de casa, à distância, em caso de emergência. Aconteceu algo inesperado e a pessoa a quem entregou uma cópia da chave não consegue aceder rapidamente à sua casa? Abra a porta, veja a pessoa a entrar e sair, controle o tempo que ela lá fica e ainda tranque a porta no final. A tecnologia evoluiu de tal forma que já não
precisa distribuir várias cópias de chaves a várias pessoas para que a sua casa fique em segurança. Existem várias fechaduras digitais no mercado, com alta tecnologia e elevados níveis de segurança.

8. Não deixe bens de elevado valor espalhados pela casa. Já lá vão os tempos em que o pote, o fundo falso do armário ou o colchão eram bons guardadores de bens. Certifique-se que os seus bens de maior valor, como joias, relógios, computadores e até documentos importantes, ficam guardados em local verdadeiramente seguro. Os cofres não servem apenas para guardar dinheiro e existem Cofres com sistemas de Segurança controlados por impressão digital,controlados por uma APP e até resistentes ao fogo. Encontre o mais adequado para si, instale-o em local seguro e vá de férias descansado.